15 jun

O Diretor financeiro, que também pode ser chamado de CFO (uma abreviação para o termo em inglês Chief Financial Officer), suas atribuições e missões formam o tema principal deste artigo.

Aqui vamos mostrar que as funções deste profissional vão muito além de “apenas” cuidar do dinheiro de uma empresa através de contas a pagar e receber. Hoje, o diretor financeiro desempenha um papel estratégico de extrema importância para qualquer empresa que deseja se manter saudável financeiramente e competitiva em seu ramo.

Nas próximas linhas, iremos mostrar como um CFO é capaz de organizar e otimizar o departamento financeiro de uma empresa através de ações estratégicas e ferramentas essenciais. Vamos lá?

 

Quais as tarefas diárias deste administrador financeiro?

Para mostrarmos como um diretor financeiro é de extrema importância para um negócio, precisamos, primeiro, mostrar um pouco sobre suas atribuições.

Em geral, ainda que se entrelacem em algum momento, podemos dividir suas tarefas em 3 grupos:

 

Administração

Dentro do grupo de tarefas ligadas à administração encontramos quesitos como orçamentos, investimentos, salários, fluxo de caixa em geral e assim por diante.

Mas se engana quem pensa que o CFO apenas acompanha estes dados. É parte do seu dia a dia garantir que o fluxo de caixa, por exemplo, esteja sempre em níveis saudáveis. Exatamente por isso, é ele o responsável por buscar e calcular os riscos de investimentos, empréstimos e assim por diante. Sendo assim, o CFO tende a trabalhar diretamente com CEO (Chefe Executivo) da empresa contribuindo com dados e análises relacionados aos investimentos e a ações focadas no crescimento dos negócios.

 

Contabilidade

Dentro do grupo de tarefas ligadas à contabilidade encontramos os registros e relatórios ligados ao setor financeiro da empresa.

Neste quesito, é função do Diretor Financeiro ter dados precisos e consolidados de maneira a permitir ferramentas de análise para que novas estratégias sejam traçadas. Para isso, todos os dados da empresa precisam estar consolidados, atualizados e de fácil acesso, caso contrário, o CFO pode perder boas oportunidades de crescimento ou deixar que um cenário negativo se prolongue por tempo demais.

 

Estratégia

Dentro do grupo de tarefas ligadas à estratégia encontramos como principal atribuição a capacidade de prever o cenário futuro.

Quando falamos em previsão, estamos falando de cenário econômico nacional e mundial, futuro do modelo de negócio, novas tecnologias, previsão de problemas que possam surgir e como resolvê-los e assim por diante. E neste quesito, a experiência do profissional e seu conhecimento quanto ao mercado e suas tendências é fundamental.

 

Em empresas menores o CFO coloca a mão na massa em tarefas mais micro como a confecção de relatórios e controle de orçamentos. Já em uma empresa maior, ele possui uma equipe que trabalha na parte mais operacional das tarefas, deixando para o CFO a importante função de conferência e análise.

 

Quais as características de um bom diretor administrativo financeiro?

A partir do momento que conseguimos passar por algumas das tarefas mais importantes do dia a dia de um diretor financeiro, podemos falar sobre algumas características fundamentais deste profissional.

Ser analítico

Embora pareça óbvio, precisamos lembrar que ser analítico não significar ser bom com os números…e sim, ser bom em analisá-los. O CFO está a todo momento olhando para relatórios cheios de números e transformando cada coluna em novas oportunidades, planos de ação, contratação de pessoas ou tecnologias, mudanças estruturais e assim por diante.

Além disso, toda análise feita pelo diretor financeiro resulta em Plano A e Plano B, além de contemplar ações de curto, médio ou longo prazo.

Entender do modelo de negócio

Conforme falamos, boa parte das tarefas do CFO dependem de sua experiência e entender o modelo de negócio passa por essa característica.

Em geral, entender um modelo de negócio implica conhecer o passado, entender o presente e prever o futuro. Um bom profissional desta área está atento ao mercado e conhece cada processo interno da sua empresa. Somente com este conhecimento é que o CFO é capaz de traçar planos…caso contrário, ele poderia realizar cortes que futuramente afetariam negativamente seus negócio, por exemplo.

Saber executar e gerenciar

Nem sempre os gerentes e diretores conhecem na prática as tarefas de seus colaboradores. E, sendo assim, são obrigados a confiar no trabalho que lhes é entregue…dificultando a percepção de possíveis erros.

O CFO, ao contrário disso, sabe executar cada uma das tarefas que aqui citamos caso seja necessário e, por isso, consegue ter mais assertividade na hora de checar relatórios, comunicar ao restante da empresa e planejar o futuro.

Ser criativo e estar atualizado

Por vezes um gestor é capaz de identificar um problema mas encontra dificuldades em encontrar soluções, especialmente se houver algum empecilho como o financeiro, por exemplo. Por isso, é fundamental que o Diretor Financeiro seja criativo e esteja atualizado, especialmente quanto à tecnologias que, ainda que não sejam as mais baratas, são as que trazem um maior valor agregado e, por isso, valem o investimento.

Qual a missão do diretor financeiro dentro da empresa?

De maneira geral e sintetizada, a missão de um diretor financeiro é melhorar o cenário financeiro da empresa. É ele quem transforma dados e suas análises em ações focadas na melhoria da rentabilidade do negócio, na diminuição dos custos operacionais, na valorização da marca do negócio, na análise de riscos gerais, no aumento do patrimônio do negócio e assim por diante.

Ou seja, o CFO é um dos profissionais mais importantes dentro do âmbito profissional e, por isso, suas tarefas não podem ser realizadas sem nenhum preparo ou conhecimento. É fundamental que este profissional tenha preparo e as características que citamos no item anterior.

Agora, características como ser analítico e criativo, em geral, já acompanham o indivíduo em sua personalidade, entretanto, ser atualizado, entender do negócio e de soluções para sua empresa são fatores que podem ser conquistados com vontade e estudo.

Além disso, não adianta possuir estas características e não contar com ferramentas que agreguem valor na entrega do CFO. Se esse for o seu caso ou o caso do seu Diretor Executivo, avalie a possibilidade de contar com uma consultoria que visa ajudar no máximo aproveitamento de ferramentas como o Protheus, sistema amplamente utilizado por empresas de todo o país. Em nosso outro artigo,  ”CFO: POR QUE AS MULHERES ESTÃO CADA VEZ MAIS PRESENTES NESSA CADEIRA?” falamos da presença feminina nesse cargo confira clicando aqui

Ebook - Gestão Financeira - TENHA TOTAL CONTROLE DA GESTÃO FINANCEIRA DA SUA EMPRESA - BAIXE AGORA, É GRÁTIS

 

Avatar
SOBRE O AUTOR
Renato Souza – Diretor Comercial da PROX

Profissional especialista nos processos administrativos de controladoria com passagem pela TOTVS SA onde se especializou nas áreas fiscal e contábil. Atuou também em outras consultorias de ERP como analista e coordenador de projetos de implantação de ERP.

Facebook LinkedIn Skype 

Fechar

Nós entramos em contato com você!

[_post_title]